Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

O último dos sacrifícios

A redução de apoios ao subsídio de desemprego é mais um sacrifício num país sacrificado. Mas, convenhamos, que deveria ser o último dos sacrifícios. Uma das medidas congeladas é o prolongamento por mais seis meses do subsídio de desemprego – o seu desaparecimento afectará 50 mil pessoas e representará uma poupança de 40 milhões de euros. É dinheiro, sem dúvida. Mas, desculpem  a ingenuidade: não haveria outro sítio onde cortar? Nas comemorações do centenário da República? Nas frotas automóveis? Em combustível? Em cerimónias públicas? Em despesas de representação? E não vejam, por favor, na pergunta nenhum resquício de demagogia.

publicado por afacevisivel às 00:06
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De José Lagrimas a 28 de Maio de 2010 às 09:44
Gostava muito do filme Lágrimas e suspiros.Hoje gosto muito do filme E Tudo o Vento Levou.
Oxalá façam um filme com o nome O Páteo das Mentiras.Ou um documentário sobre:Portugal quanto do teu sal são lágrimas do nosso mal.Na politica.


Comentar post

_Mais sobre mim

_Pesquisar neste blog

 

_Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
17
18

19
20
25

26
27
28
29
30


_Posts recentes

_ Casamento homossexual, ab...

_ A promoção de Vara

_ A tosta mista e patriótic...

_ Um novo milagre das rosas...

_ É tão feio mentir a um il...

_ O Dia Europeu com Marijua...

_ Continuamos no pelotão do...

_ Os demónios internos do P...

_ Um país de chefes

_ O País das Maravilhas de ...

_Arquivos

_ Setembro 2010

_ Julho 2010

_ Junho 2010

_ Maio 2010

_ Abril 2010

_ Março 2010

_ Fevereiro 2010

blogs SAPO

_subscrever feeds