Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

No futebol somos melhores do que os que são melhores do que nós

Metade do país que conta está na África do Sul. Políticos, gestores e fazedores de opinião seguiram Cristiano Ronaldo com a mesma convicção com que Durão Barroso seguiu o cherne e com que Maomé amaldiçoou o toucinho. Há que compreender que um país pobre, endividado e do Sul, tem no futebol uma oportunidade única de redenção e, há que dizê-lo com frontalidade, de vingança contra a humilhação recorrente dos que nos tratam e retratam com benevolência, mesmo que irritada.

A verdade é que o país que decide, gere e opina está em trânsito, atrás do que realmente é importante: o futebol. Ninguém é campeão no défice orçamental ou passa às meias-finais do endividamento externo. Vibramos com o futebol porque nos permite derrotar os que são e fazem melhor do que nós. Uns dias por ano, temos a alegria de, no futebol, sermos melhores do que os que são melhores do que nós.

publicado por afacevisivel às 00:07
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Apito Arcoiris a 25 de Junho de 2010 às 08:34
E depois de uma boa trovoada nada como um bom arcoiris...
E depois de um bom jogo nada como uma boa vitória.
E depois???


Comentar post

_Mais sobre mim

_Pesquisar neste blog

 

_Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
17
18

19
20
25

26
27
28
29
30


_Posts recentes

_ Casamento homossexual, ab...

_ A promoção de Vara

_ A tosta mista e patriótic...

_ Um novo milagre das rosas...

_ É tão feio mentir a um il...

_ O Dia Europeu com Marijua...

_ Continuamos no pelotão do...

_ Os demónios internos do P...

_ Um país de chefes

_ O País das Maravilhas de ...

_Arquivos

_ Setembro 2010

_ Julho 2010

_ Junho 2010

_ Maio 2010

_ Abril 2010

_ Março 2010

_ Fevereiro 2010

blogs SAPO

_subscrever feeds