Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Um novo milagre das rosas

Revelado o terceiro segredo de Fátima, Portugal continua pródigo na produção de insondáveis mistérios. O último a ver a luz do dia reconhece a existência de 14 mil instituições que recebem verbas do Estado. O cálculo, da autoria do economista João Cantiga Esteves, confirma um país subsidiodependente que adora viver à sombra da bananeira do Estado que, como é do conhecimento público, produz cada vez menos bananas. O PSD – que tem a sua quota de responsabilidade nesta fábrica de despesa pública –, já pediu a eliminação dos institutos públicos desnecessários. Ao PS não restará alternativa que não seja a de reconhecer o bom senso da proposta.  A não ser que consiga replicar o milagre das rosas e transformar institutos públicos em pães. Nunca se sabe…

publicado por afacevisivel às 00:06
link do post | comentar | favorito

_Mais sobre mim

_Pesquisar neste blog

 

_Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
17
18

19
20
25

26
27
28
29
30


_Posts recentes

_ Casamento homossexual, ab...

_ A promoção de Vara

_ A tosta mista e patriótic...

_ Um novo milagre das rosas...

_ É tão feio mentir a um il...

_ O Dia Europeu com Marijua...

_ Continuamos no pelotão do...

_ Os demónios internos do P...

_ Um país de chefes

_ O País das Maravilhas de ...

_Arquivos

_ Setembro 2010

_ Julho 2010

_ Junho 2010

_ Maio 2010

_ Abril 2010

_ Março 2010

_ Fevereiro 2010

blogs SAPO

_subscrever feeds