Quarta-feira, 19 de Maio de 2010

O novo Constâncio

Os ares do Banco Central Europeu transfiguraram Vítor Constâncio. Um certo conformismo benevolência que marcaram os seus mandatos à frente do Banco de Portugal deram lugar a críticas certeiras e até a uma certa rispidez. O relatório anual de 2009 do banco central contraria o Governo, afirmando que o número de funcionários públicos cresceu nos dois últimos anos e que  a despesa com salários continuou a aumentar. Em declarações ao i, as Finanças desvalorizam as contas de Constâncio e não comentam “outras fontes estatísticas sobre emprego público”. Eis como Constâncio termina o seu mandato – reduzido a “outra fonte estatística”. Deveria  ter sido sempre assim.

publicado por afacevisivel às 00:07
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Constante Novo a 19 de Maio de 2010 às 08:23
Estou na Praça Central do Banco Central e tenho um bilhete para a Bancada Central.Vou sair agora mesmo para Madrid.
Finalmente consigo ter tempo para ir à bola e ver uma final com o Mourinho em grande.A falar como sempre falou.A jogar como sempre jogou.
Pena que o nosso Vice-Presidente não possa vir também...Merece ver novos jogos ao vivo.


Comentar post

_Mais sobre mim

_Pesquisar neste blog

 

_Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
17
18

19
20
25

26
27
28
29
30


_Posts recentes

_ Casamento homossexual, ab...

_ A promoção de Vara

_ A tosta mista e patriótic...

_ Um novo milagre das rosas...

_ É tão feio mentir a um il...

_ O Dia Europeu com Marijua...

_ Continuamos no pelotão do...

_ Os demónios internos do P...

_ Um país de chefes

_ O País das Maravilhas de ...

_Arquivos

_ Setembro 2010

_ Julho 2010

_ Junho 2010

_ Maio 2010

_ Abril 2010

_ Março 2010

_ Fevereiro 2010

blogs SAPO

_subscrever feeds